segunda-feira, 10 de maio de 2010

O Diário da Mentira - Edição 00

Olá, blog! Olá leitores (alguém?)!!
Quanto tempo!
Resolvi voltar, pra ver se isso aqui ainda funciona.
Serei breve e já explicarei do que se trata o título e o próprio post. Semana passada eu estava me lembrando de uma vez que eu estava conversando com meu namorado sobre algo (eu tenho a pior memória do mundo e não me lembro) e daí disse que esse algo era feito de uma coisa completamente absurda em algum lugar do mundo, algo como "temakis são feitos de carne de suricatis no norte do Japão".


Não preciso dizer que não entendo nada de comida japonesa ou desses simpáticos animais que moram em Botswana. A questão é, eu falei aquilo e ele acreditou, apesar de saber que eu não me interesso por esses assuntos. O motivo? Eu falei de forma convincente.

Comecei a pensar que tudo que é dito de forma convincente e com segurança pode se transformar em uma "verdade" para o ouvinte ingênuo que confia em seu interlocutor.
E também pensei no quão absurdamente divertido foi ver que ele acreditou. E diga-se de passagem, ele é uma pessoa extremamente inteligente (bem mais que eu, inclusive) e bem informado, mas mesmo assim ele geralmente acredita quando eu falo esse tipo de besteira.

Aí eu imaginei como seria interessante testar esse tipo de mentiras absurdas em outras pessoas, especialmente pessoas que são diferentes de mim, não estão acostumadas com o meu senso de humor e não se interessam pelo mesmo tipo de coisas que eu me interesso. Resumindo: as pessoas normais, o homo medianus de escritorius, aqueles que assistem a Globo e acham que aquilo é sério, os que assistem CQC e acham que é inteligente e engraçado, enfim, aqueles que vemos todos os dias por aí e eu geralmente só converso com eles em horário comercial.

Como eu tenho oportunidade de falar com pessoas diferentes todos os dias e geralmente esses grupos de pessoas mudam de tempos em tempos eu resolvi que terei um novo hobby. Não, hobby não, porque, como dizia George Carlin, eu não tenho hobbies, eu tenho interesses porque hobbies custam dinheiro.



Meu novo interesse-hobby, portanto, será contar pequenas mentiras completamente estapafúrdias de forma convincente para pessoas aleatórias pelo mundo, que façam ou não parte do meu convívio diário.

Motivo? Sem motivo. Ou melhor, existe motivo mais válido e honesto do que a minha diversão e análise do comportamento humano? Novamente citando George Carlin, as pessoas estão aí para me entreter, para entreter umas às outras. Nada mais interessante do que as pessoas e seus comportamentos tão previsíveis e peculiares.

Vou tentar narrar aqui as mentiras e as reações das pessoas, para que outras pessoas também se divirtam comigo nessa nova prática idiota que fará parte da minha vida daqui pra frente.

Desejem-me sorte e, se quiserem, sugiram mentiras criativas e engraçadas.






~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~



Top Ipod: A Hard Rain's A-Gonna Fall - Bob Dylan


.

6 comentários:

videoblogdofrancis disse...

"homo medianus de escritorius" asheuhsaeiusae - ri alto!

Rafael disse...

Hahah, só é. Acho que histórias bem engraçadas virão por aí.

Ranfley disse...

Falando nisso, eu menti sobre oleite de texugo, todo mundo acredita naquilo

B! disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
[balbina conspira] disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Christallina disse...

Olá, blog! Olá leitores (alguém?)!!



não sei se são meus problemas mentais, mas achei isso tão engraçado. huahuauahuahuah

(devem ser meus problemas mentais mesmo)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...